Licuri (Syagrus romanzoffiana)

R$ 520,00

Palmeira nativa da mata atlântica brasileira, pode ser plantada separadamente, em grupos ou renques. Ideal para projetos paisagísticos suntuosos e sofisticados, pela imponência da espécie comparada a outras palmeiras. O Jerivá produz inflorescências o ano todo, e costumam atrair abelhas, maritacas, papagaios, caturritas e esquilos. Suas flores se revelam em cachos pendentes, grandes e ramificados, de coloração amarelo creme.

Altura quando madura: 8 a 15 metros

Tamanho para encomenda: 6,0 m

  • Descrição

Descrição

Nome popular: Licuri, Jerivá

Nome científico: Syagrus romanzoffiana

Família: Arecaceae

Origem: América do Sul, Bolívia, Brasil

Altura quando madura: 8 a 15 metros

Ciclo de vida: Perene

Tamanho para encomenda: 6,0 m

Crescimento da planta: Seu estipe é elegante e único, alcançando de 8 a 15 metros de altura e podendo chegar a 60 cm de diâmetro. De crescimento lento.

Quando da frutos: Julho a Setembro

O fruto é do tipo drupa, de cor amarela ou alaranjada, de formato globoso a ovóide, com polpa fibrosa, suculenta e doce. Cada fruto contém uma única semente, como um minúsculo coco, de sabor amendoado.

Quando da flores: Floresce em Dezembro a Fevereiro

As inflorescências surgem o ano todo, em cacho pendente, grande, ramificado, com pequenas flores de cor amarelo creme.

Como adubar essa planta: No plantio recomenda-se usar 10 quilos de esterco de curral ou de composto orgânico, 500 gramas de cinza e 200 gramas de calcário misturados na terra retirada dos primeiros 20 centímetros da cova. Essa mistura deverá ir para o fundo da cova. Para manutenção adubar com 3 pás de cama de frango e 30 gramas de NPK 10-10-10, dobrando essa quantidade de adubo a cada ano até o 3° ano, depois manter a quantidade.

Como regar essa planta: Em geral, a planta deve ser regada uma ou duas vezes por semana no tempo quente, e 2 vezes por mês no tempo frio.